Crianças namorando salas de chat

Chão molhado

2020.08.15 01:27 lolitanaololita Chão molhado

Olá turma que está a ver, papelões que não estão mais entre nós (F no chat) , gatas e papai Luba, hoje vim contar uma história que aconteceu comigo quando eu tinha uns 7/8 anos e eu nunca mais esqueci (o título tem tudo a ver, aguarde hehehehe). Na época eu cursava o segundo ano do fundamental e eu tinha um crush em um menino desde o maternal (meu primeiro amor) e ele se parecia com um anjinho (loirinho, olhos claros, todo fofinho) e eu era louca de amores por ele. Lá estava eu conversando com minhas amigas, quando elas tiveram a brilhante ideia, "duda, vai lá se declarar pra ele, vai que ele gosta de você", e eu toda inteligente tive a "brilhante ideia" de me declarar pra ele depois do recreio. Então, como qualquer menina atentada, lanchei e sai brincando (correndo, pulando, dançando, enfim sendo uma criança). -detalhe importante: um comi três fatias de pizza mais uma latinha de refrigerante- Enfim, minhas amigas falaram que ele tava na sala com os amigos dele e até me arrumaram (me deram florzinhas, me secaram e arrumaram o meu cabelo) e eu fui lá toda boba, pensando que sairia namorando (mal eu sabia o que ia acontecer). Eu entrei na sala, cheguei nele toda boba e falei na frente dos amigos dele e dele que eu gostava dele desde o maternal. Ele simplesmente riu de mim e falou como uma menina "como eu" namoraria com um menino como ele (ele era branco e eu morena) e antes dele terminar de falar, (se lembra que eu comi muito e corri loucamente?) eu vomito em cima dele, pra ser mais exata, no tênis novo dele e nessa hora, a minha professora amada chega e me tira daquela situação constrangedora. Ela me limpou e me ajudou a ficar melhor, e depois disso, o diretor (amigo da minha família) me levou pra casa. E depois disso eu tive trauma de meninos (mentira, to namorando kkkk) Enfim lubisco, essa foi a minha história um tanto embaraçadora, mais que serviu de conteúdo pra você ❤ Beijo de uma turmênica paraense e fallou❤
submitted by lolitanaololita to TurmaFeira [link] [comments]


2017.07.23 15:08 kef1rBR Será que eu termino?

Olá amigos! Estou numa dúvida cruel, e também pode ser paranoia minha. Vou explicar da melhor forma possível.
Estou num relacionamento sério há 4 anos, beirando os 5. Nossos planos são de ir ao matrimônio, mas eu ainda tenho algumas incertezas que surgiram a pouco tempo.
No final do ano passado o irmão da minha namorada faleceu em um acidente de carro. Ela, naturalmente foi para a cidade onde o irmão dela morava e que o pai dela mora também. (nós dois moramos em SC mas não juntos, o pai e irmão dela moram no RS). Nós morávamos nessa cidade e começamos a namorar lá mesmo e depois nos mudamos pra SC pra cursar faculdade e tal. Acredito que nossos únicos amigos são dessa cidade, enfim.
Eu fui pra lá uns 2 dias depois porque não tinha realmente como ir devido ao trabalho e ela entendeu isso, ela sabe que eu sou independente e que pago todas as minhas contas sem ajuda.
Ela ficou mal e nesse período de luto ela pensou muito sobre a vida. Acho que quando acontece uma fatalidade na família as pessoas param e pensam sobre o que andam fazendo de suas vidas e sempre acham que poderiam estar melhores se fizessem tal coisa. Pra metade de janeiro ela começou a querer ir em festa, boatezinha. Até aí tudo bem pois ela iria com os primos(as) e por mim tava de boa. Só que nessa ocasião em especial, um amigo dos primos(as) dela foi junto com eles pra essa festa, e até onde eu sei durante a festa não aconteceu nada de mais, ela só tava se distraindo. MAS, quando estavam pensando em ir embora ela foi no carro desse amigo pra casa (SÓ OS DOIS), ela nem conhecia o cara direito e já pegou carona pra casa. Quando chegaram na porta da casa dela, o cara tentou ficar com ela e ao que tudo indica ela não ficou com ele, MAS... MAS trocaram whatsapp e se adicionaram no facebook e instagram.
E é aí que começo a duvidar das coisas e a questionar o que antes pra mim não tinha segredo nenhum que era a nossa relação. No dia seguinte a esse acontecimento, já que eu sabia sobre a ida dela a uma festa, decido, logo que acordo, bisbilhotar o facebook dela. ELA. ELA adicionou o cara. Foi ELA que mandou o convite de amizade. Até então não sabia o que relatei mais acima, pois estava na minha cidade saindo pro trabalho, mas achei estranho ela simplesmente adicionar alguém do nada, logo após ir pra uma festa. Na hora imaginei que foi besteira minha ou sei lá, mas aquilo ficou na minha cabeça.
Eu já tava ficando louco com essa história, primeiro ela saí pra uma festa, aí adiciona um maluco do nada em três redes sociais (mas até então eu só sabia de duas). Fui pra casa do meu sogro nesse mesmo dia, após o trabalho. Durante a viagem a minha namorada postou uma foto antes de ir pra festa no instagram e o cara abriu uma conversa com ela pelo instagram com aquele emoji de "cara de safado". Eu só consegui ver essa conversa porque o instagram dela tava logado também no meu celular e apitou pra mim a conversa.
Não lembro o que falei com ela, mas printei e enviei pra ela PUTO da vida. E isso eu tava no ônibus indo visitar ela, também não lembro como ela contornou essa situação.
Chegando lá eu consigo pegar o celular dela e vejo que eles conversaram um pouco. Lendo a conversa eu logo deduzi que era aquele papo de macho que tenta chegar em mulher pelo whats mas ela não dá muita bola. Porém, só pelo fato dela responder eu já tava ficando "cabreiro". Na noite em que estou lá, ela teve que deixar o celular dela carregando no quarto em que eu estou dormindo (não dormimos juntos na casa do pai dela por causa da irmã menor). Deixei passar algumas horas... mentira, minutos... e peguei o celular pra olhar. Abro o SnapChat e vejo que ele é um dos que ela mais conversa e manda direct (foto etc). Senhores, foi nessa hora que percebi em como sei controlar uma explosão de raiva e sentimentos de tristeza e agir naturalmente. Só não lembro como consegui dormir aquela noite. Não deixei transparecer nada, queria ver até onde isso iria. Se ela viria me contar alguma coisa, na verdade não sei o que eu estava esperando.
Enquanto estávamos na casa do meu sogro, fomos até a minha vó para almoçar, onde minha mãe estava passeando. Meus primos do MS estavam por ali também. Ela senta do meu lado na roda de conversa e vez e outra pega o celular, eu percebo que ela tenta não deixar a tela do celular entrar na minha linha de visão, parecia que ela não queria que eu visse com quem ela estava conversando. Logo após o almoço, sentados na sala ela vai ao banheiro e eu vejo a notificação de mensagem do celular dela (não sei como ela deixou o celular no sofá, porque ultimamente ela tava levando pra todos os lados e isso não era costumeiro dela). Por ser um android, eu só puxei a barrinha das notificações e consegui ler um trecho da conversa, eles estavam tendo um papo cabeça aparentemente, mas não sei bem do que se tratava e não posso garantir que era o que eu pensava pois o SnapChat não grava as conversas e tal. Eu continuei com o pensamento em Sun-Tzu: “Triunfam aqueles que sabem quando lutar e quando esperar”. Por que até então eu não tinha nada concreto pra chamar pra uma conversa e tal, e eu queria algo irrefutável.
Lembro de no dia em que eu estava indo embora eu perguntei pra ela como quem não quer nada: - Amor, tu tem algo pra me falar? Ela me olha com aqueles olhos verde-azulados e responde: - Não amor.
(teve mais algumas linhas de diálogo mas o final vai ser o mesmo)
Já em SC, com o whats dela no meu notebook vejo que ela comentou com uma amiga dela (uma que chamava ela pra ir nas festas) sobre esse cara, e carinhosamente estavam chamando ele de "gui". Se alguém já passou por algo assim, só de ler uma barbaridade dessas sente um bolo de sentimentos incômodos. Teve mais alguns acontecimentos que me deixaram muito triste em relação a isso, mas não vou citar por que tá ficando muito extenso (se alguém pedir eu edito e acrescento).
Eis que ela volta pra minha cidade e finalmente vou poder conversar com ela sobre isso, mas tive que esperar mais alguns dias por que o pai dela veio junto pra passar uns dias na minha casa, litoral. Eu peguei o celular dela e vi que eles ainda se falavam, mas só pelo SnapChat, onde não tem histórico de conversa e a única coisa que aparece são os "favoritos" ou sei lá como diabos isso se chama nesse app.
Um dia, solto pra ela que tenho uma coisa muito séria pra conversar(eu não tava mais aguentando) Ela fica ressabiada, por que eu não deixei transparecer sobre o que era, mas acredito que ela imaginou porque aquela conversa que eu cito que peguei no whats ela apaga, as coisas do instagram que ela acha que eu não tenho a senha, porque depois do print que enviei pra ela da carinha de safado, ela mudou a senha. (não vou explicar como consegui a senha) Ou seja, todas as coisas que poderiam ser usadas contra, ela apaga e dá um sumiço.
Ela tenta todo dia me persuadir a conversar com ela e eu sempre digo: "Espera teu pai ir embora, aí conversamos."
Estamos na casa do primo dela que mora em SC, não lembro o motivo mas eu tava muito cansado naquele dia e me oferecem uma cama pra eu dar uma relaxada, obviamente vou lá e ela vem atrás logo depois de eu deitar. Aí ela pede pra mim novamente o que eu quero conversar com ela e eu jogo a merda no ventilador.
Só digo que um amigo me disse que viu ela entrando no carro desse cara. Até aí ela imaginou que era bobagem minha e que eu não saberia de muito mais coisas. Insisti perguntando no que aconteceu durante a viagem deles até a casa dela e fico questionando o porque de entrar no carro do cara sozinha sem nem conhecer direito. Ela tenta me dizer que conhece ele (talvez de vista pode ser que conhece mesmo, mas conhecer de se falar jamais). Resumindo a conversa: Ela tentou negar tudo, mas eu insisti e ela acabou admitindo e tal, pediu perdão e etc etc, disse que tava abalada com o falecimento do irmão dela e que tava tudo muito confuso, que me amava e tal. Excluiu o SnapChat e não falava com ele.
Mas, hoje acordei e como ela tá de férias na casa do pai dela eu fiquei meio "assim". Por que quando ela vai pra lá, ela quase não conversa e responde pouco. Olhei o instagram dela, e ela tinha comentado uma "historie" dele, só com três emoji "TOP TOP TOP".
Cara, fiquei cabreiro! ainda mais que ela excluiu e do nada veio falar comigo mais do que três linhas de diálogo no whats ou três palavras, toda amorosa... coisa que ela não tava a viagem toda (ela pega o busão de volta hoje).
Segue whats:
ELA: Sim ELA: Ta bom então kk ELA: Tudo bem amor? Eu: hmm tudo Eu: tá tentando me esconder algo? ELA: Não ELA: Porqe? Eu: não sei, do nada tu tá amorosa ELA: Meu Deus amor

Eu: até ontem nem falava direito

Agora com tudo explicado, tenho que explicar uma outra coisa. O meu problema não é dela ficar de papinho com alguém e tal, não sou do tipo possessivo, tanto que antes não me importava dela sair, pq eu conseguia confiar piamente nela. O que realmente me incomoda é o fato de ela saber que eu não gosto do cara, saber que isso me deixa triste e que já foi motivo de quase terminarmos e ficar dando trela. Saca? O que eu interpreto dessa atitude dela de falar com ele é que ela quer dizer "Ei eu tô namorando mas eu tô aqui! Não esquece de mim!" Outra coisa é ano que vem, uma das possibilidades dela é ir pro RS, na casa do pai dela. E não sei, mas ela não demonstra muito que quer morar junto comigo nesse momento. Acho que eu tô mais pensando como casal e ela tá mais na dela, querendo conquistar as coisas dela. Não tiro esse direito, mas se ela for pro RS mesmo eu não vou querer ficar num relacionamento a distância, ainda mais que ela fica dando trela pra um cara que quer ficar com ela. Eu não tenho como ir pro RS junto porque tenho um contrato de aluguel aqui, e lá na nossa cidade não tem muita perspectiva... ir pra lá seria um retrocesso.
Também não gosto de sentir isso. Tá acabando comigo, tô fazendo coisa que eu nunca fiz de largar indiretinha no whats, coisa de criança.
Ficou extenso, mas eu precisava. Obrigado.
submitted by kef1rBR to desabafos [link] [comments]


Vídeo da internet: O 1˚ beijo de duas crianças (12/06 ... SUA CHANCE DE GANHAR DIAMANTES SALAS PREMIADAS VALENDO GIFT CARD LIVE FREE FIRE AO VIVO EBD Online  Sala Remanescentes - Lição 5 - 3º Trim./2020 ... Pedido de namoro em sala de aula - YouTube EM BUSCA DE UMA NAMORADA NO VR CHAT - YouTube PEDIDO DE NAMORO MAIS QUE PERFEITO!! (ESTOU NAMORANDO ... Olha o que essa garota fez dentro de uma sala de aula ... SkyChurch  Big House Kids - Culto para criança 28 de junho 2020 Chaves - O Professor Apaixonado ELE PERDEU O BV NA FRENTE DE TODO O COLÉGIO!!! (gravei tudo)

  1. Vídeo da internet: O 1˚ beijo de duas crianças (12/06 ...
  2. SUA CHANCE DE GANHAR DIAMANTES SALAS PREMIADAS VALENDO GIFT CARD LIVE FREE FIRE AO VIVO
  3. EBD Online Sala Remanescentes - Lição 5 - 3º Trim./2020 ...
  4. Pedido de namoro em sala de aula - YouTube
  5. EM BUSCA DE UMA NAMORADA NO VR CHAT - YouTube
  6. PEDIDO DE NAMORO MAIS QUE PERFEITO!! (ESTOU NAMORANDO ...
  7. Olha o que essa garota fez dentro de uma sala de aula ...
  8. SkyChurch Big House Kids - Culto para criança 28 de junho 2020
  9. Chaves - O Professor Apaixonado
  10. ELE PERDEU O BV NA FRENTE DE TODO O COLÉGIO!!! (gravei tudo)

GARANTA JÁ MEU LIVRO: https://goo.gl/cfXLsf INSTA: @Enaldinho ou www.instagram.com/enaldinho/ Meu segundo canal: https://goo.gl/oA3ErZ ★ Apoiadores: Johnny F... Hide chat Show chat. Autoplay When autoplay is enabled, a suggested video will automatically play next. Up next ... Lembra de Mim, Pai? - Duration: 14:29. Hampesco 33,183 views. New; Comece a Jogar KurtzPel agora: http://bit.ly/2JncW1i Rato joga foi à procura de uma nova namorada no VRChat... Sinta-se livre para deixar um like no vídeo e ... Aula da EBD ministrada pela professora Joyce para a sala dos juniores (Crianças de 9 a 11anos). Lição 5 da Revista Saber + da Editora Betel, do terceiro trimestre de 2020. ♦️LIVE ao vivo sua chance de ganhar diamantes salas premiadas valendo gift card ♦️Se escreve no canal e deixa o like e compartilha email para contato: [email protected] Meu Instagram ... Te amo Natali Olha o que essa garota fez dentro de uma sala de aula na escola Afonso pena pregou a palavra de Deus e orou pelos colegas de aula Mas as crianças pensam que os dois estão namorando e a confusão... O Professor Girafales quer se declarar à Dona Florinda, para isso, pede ajuda ao Seu Madruga. ... Sala de Seriados 1,425,527 ... Confira mais sobre seus programas favoritos em nosso site: http://www.tvtaroba.com.br/londrina Neste Big House Kids, nosso culto para crianças, você vai adorar a Deus, participar do Desafio Kids e aprender uma história sobre o bom homem de Samaria. Após o culto, todos se encontrarão ...